Joaquim Pessoa

Que se não antecipe o futuro - Rita Pais





Que se não antecipe o futuro pelos caminhos tecidos no passado. Porque a sua evocação é azul, é azul o adiamento e a ardência no presente, é azul a água em que se reflecte um nome e é azul o rasto dos animais que recebem um sorriso. O azul é o hoje. A cor do verso, amanhã o poeta a ditará! Beijo, Poeta Joaquim P.

 

Rita Pais (2/07)